Cardápio de Casamento – Jantar Simples

22 Flares 22 Flares ×

O jantar de casamento é um momento muito esperado pelos convidados. Os noivos, já tendo muitos gastos com os preparativos, acabam tendo um pouco de receio na hora de escolher os pratos e o local que será realizada a festa, já que o jantar pede um pouco mais de sofisticação. Abaixo você confere algumas dicas para fazer um jantar simples, que não pese tanto no bolso.

Montando um cardápio de jantar simples e econômico

Jantar simples de casamento

Poucos sabem, mas é possível, sim, montar um cardápio de jantar de casamento simples e econômico, organizando um evento inesquecível para os noivos e todos os convidados. Confira aqui como:

Descomplique: escolher um cardápio enxuto é uma ótima dica para agradar a gregos e troianos. Lembre-se que nem todos os convidados gostam de pratos complexos ou que exigem muito trabalho para comê-los. Por isso, quanto mais descomplicado, melhor.

Essa mesma ideia de descomplicação deve ser mantida ao montar o menu. Procure focar em entrada, prato principal e sobremesa. Isso é o suficiente e muito mais econômico.

Escolha receitas preferidas do casal: geralmente, os noivos querem agradar aos convidados, mas isso não quer dizer que tenham de escolher receitas que somente eles gostam.

O ideal é optar por receitas que o casal adora, afinal, o dia é deles, e colocar no cardápio de casamento outras mais tradicionais, que possuem maior aceitação e agradam a todos.

Dê preferência a pratos com produtos da estação: você sabia que alimentos da estação são muito mais baratos? Por isso, ao montar seu cardápio de jantar para casamento prefira receitas com tais produtos.

Pesquise muito e negocie sempre: só assim dá para encontrar preços mais atrativos para seu jantar de casamento!

Como escolher os pratos e bebidas

Dicas jantar de casamento

Entradas

O menu tradicional conta com uma entrada de canapés, salgados e saladas. É possível, por exemplo, servir opções frias e quentes, entre cinco a dez entradas, no máximo.

Prefira entradas que possam ser consumidas sem grande trabalho, inclusive que sejam num tamanho adequado, para evitar que os convidados fiquem cheios logo no primeiro prato e não apreciem o restante do jantar.

Prato principalPrato principal

O prato principal precisa de uma variedade maior de receitas. Dê preferência para as massas, risotos e pelo menos duas opções de carne – alguns meses atrás fui a um casamento que os noivos optaram por servir costela e picanha como as opções do buffet. Foi uma das melhores experiências gastronômicas em casamentos da minha vida!

Sobremesa

A sobremesa é outro ponto muito importante! A escolha dos docinhos deve ser feita com muita dedicação, pois a mesa deles é um dos lugares mais frequentados durante a festa.

Dê opções simples e conhecidas, como brigadeiros, beijinhos, bombons e bem casados. E, claro, o bolo. Existem diversos recheios de bolo, mas os mais populares como brigadeiro, baba de moça, doce de leite e frutas são opções que continuam fazendo muito sucesso entre os convidados.

Bebidas

As bebidas devem ser escolhidas corretamente, realizando harmonizações com a entrada, prato principal e sobremesa, o que propiciará aos convidados uma experiência gastronômica única.

Se for servir peixe, deixe de lado vinhos tintos ou encorpados. Já com a carne vermelha, o branco doce não cai bem. Vinhos secos acompanham aves e massas.

O champanhe é uma bebida esperada em um dia tão importante, mas para não precisar servir todo tempo e acabar dando muito gasto, deixe-as servidas em taças na entrada da recepção aos convidados.

Bebidas mais comuns também são muito pedidas, como cerveja, que é mais barata e agrada a todo mundo, uísque, caipirinha e vodka. Refrigerantes e água são indispensáveis.

Porém, se a regra é economizar, você pode riscar alguns dos itens das bebidas, afinal, ninguém gosta de bêbados de festas de casamento – eles costumam ser muito chatos! Basta montar um menu de bebidas enxuto, deixando poucas alcoólicas e não alcoólicas.

Cuidado com os detalhes

Decoração do jantar de casamento

Capriche na decoração

Um jantar de casamento básico e econômico é muito bem aproveitado, desde que seja feito com bom gosto e elegância na decoração. Por isso, tenha maior cuidado com o ambiente em que será realizado o jantar.

Dê uma atenção especial à iluminação e mesa, escolhendo toalhas diferenciadas, louças e talheres diferenciados. Se possível, decore cadeiras e coloque sobre as mesas um arranjo bonito.

Há uma dica interessante de decoração, a de deixar a mesa de jantar combinando com a cerimônia. Se for mais colorida, escolha uma toalha de mesa com mais cores e bonitas estampas (se houverem flores coloridas na igreja, uma estampa florida nas toalhas combina muito bem), balões e docinhos coloridos também são uma boa pedida.
Mas se for mais elegante, toalhas brancas, beges, douradas ou de tons pastel são as ideais, acompanhando doces em forminhas ou copinhos nas mesmas tonalidades e bolo de cobertura clara.
O importante é criar um ambiente diferente e festivo na medida certa, o que colaborará para encantar os convidados e tornar a ocasião inesquecível para todo mundo!

Planeje-se e aja com antecedência

Nada pior do que deixar para resolver tudo em cima da hora. Por isso, se planejar e resolver tudo com antecedência é fundamental, sobretudo quando se fala na recepção.

O uso de cozinheiros contratados exclusivamente para o seu casamento pode custar muito dinheiro do orçamento separado para a realização do dia dos sonhos, então procure tirar um tempo para procurar restaurantes que sirvam buffet de casamento.

Pesquise com antecedência (o ideal é entre seis meses e um ano antes da cerimônia), assim você pode escolher o melhor preço e qualidade, dando tempo suficiente para o estabelecimento se preparar para a data escolhida.

Para definir o local, dê preferencia aos que tenham uma infraestrutura adequada para receber uma cozinha de preparo de buffet e que caibam mesas e cadeiras para todos.
O ideal é um salão que possua espaço suficiente para começar a festa e não precisar tirar as mesas dos convidados para que outros possam dançar. Por isso, atente ao espaço disponibilizado.

5 dicas para um casamento simples

Apostando no simples

Para resumir essas informações em alguns tópicos, separamos as dicas para um casamento simples e barato. Veja:

  • Muita pesquisa pelos menores preços;
  • Antecedência e paciência nas negociações com fornecedores;
  • Cautela no momento de fechar, pois sempre há margens para negociações;
  • Consciência que nem tudo aquilo que você sonhou será realizado;
  • Sabedoria para aceitar sua verdadeira condição financeira.

Muitos noivos comprometem muita da sua renda, e por muitos anos, para realizar o casamento. É claro que o investimento é justificável, pois é um evento único em sua vida, porém, os casais que optam por economizar na organização do casamento já começam a nova vida com um ponto extra, afinal, dívidas de festas ninguém merece, né?

37 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

22 Flares Facebook 21 Google+ 1 Twitter 0 22 Flares ×